Bem vindo ao Portal da FETAEPE | Sábado 03 de Dezembro de 2022

Telefone (81) 4141-0560 E-mail fetaepe@fetaepe.org.br

Fetaepe

Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras
Assalariados Rurais de Pernambuco

Quem Somos

História da Luta dos Assalariados e Assalariadas Rurais

“Fica decretado que agora vale a verdade. Agora vale a vida, e
de mãos dadas, marcharemos todos pela vida verdadeira”
Thiago de Mello (Os Estatutos do Homem, 1964)

Em 2019, ao realizar o 1º Congresso de Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais (1º CETTAR), a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Pernambuco (FETAEPE) materializa um passo importante para a classe trabalhadora, em especial, para aquelas e aqueles que vendem sua força de trabalho no campo.

A FETAEPE é uma Federação de base estadual, com 29 Sindicatos filiados, que representam os interesses daquelas e daqueles que constroem a riqueza do campo pernambucano com suas próprias mãos.

Uma categoria que tem uma história de mais de 42 anos de lutas e conquistas com enfrentamento ao patronato e a governos ditatoriais, tem reafirmado a sua história de luta com organização e enfrentamento aos desafios, movidas pela resistência na histórica relação do capital e o trabalho.

Uma categoria que vive uma realidade de alta informalidade, salários baixos e condições de trabalho precárias, mas que se mantém mobilizada para a luta, a exemplo da greve dos canavieiros e canavieiras em dezembro de 2018.

Fetape Greve 1979
Fetape Greve 1979

A FETAEPE e os STTARs são resultados político-organizativos desses esforços por melhores condições de vida, de trabalho e de representação sindical. É importante lembrar que nessa caminhada houve muitas lutas e sacrifícios e a perda de muitas/os companheiras e companheiros, assassinadas/os e perseguidas/os, por encabeçarem as diversas frentes de luta assumidas pelo movimento.

A FETAEPE continuará em seu papel destacado no cenário político estadual e nacional, na luta contra os retrocessos desse governo patronal, autoritário e contrário às/aos trabalhadoras/es e suas organizações. Na luta por liberdades democráticas e trabalhistas, pelo retorno do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e pela defesa da Justiça do Trabalho.

Este foi o compromisso de cada delegada e delegado durante o 1º CETTAR, nas discussões das questões essenciais para a categoria, para o campo e para a sociedade pernambucana e brasileira.

É a continuidade de uma luta anterior. Estamos plantando em terra arada, regada pelo suor e pelo sangue de tantas gerações que lutaram, lutam e lutarão por justiça e solidariedade no campo. Conjugando o verbo “Esperançar”, VENCEREMOS!

Vamos à luta companheiras e companheiros!

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Para maiores informações acesse nosso Termo de Privacidade.